BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

O que são NFTs? Entenda como funcionam os tokens não fungíveis

Saiba tudo sobre um dos assuntos que estão em alta nos últimos meses: os NFTs! 

O termo NFTs vem ganhando destaque em todo o mundo. A sigla que surgiu em 2021 e significa "tokens não fungíveis" está em alta no mercado de criptomoedas, sendo considerada por muitos especialistas como uma das principais tendências para os próximos anos.  

Neste artigo, você acompanhará os seguintes tópicos: 

  • O que é NFT?  
  • Onde comprar NFTs?  
  • Como criar NFTs? 

Continue a leitura. 

O Brasil é o segundo maior mercado de NFTs do mundo, segundo a consultoria Statista. Mais de 5 milhões de brasileiros já possuem um token não fungível, correspondendo a 2,3% da população do país.   

Em primeiro lugar está a Tailândia, que já ultrapassou a faixa de 5,6 milhões de usuários imersos neste ambiente, atingindo 8% da população nacional. Os Estados Unidos, a China e o Canadá também estão neste ranking.  

Estudos apontam que esse aumento de investimento em NFTs está diretamente ligado à popularidade dos jogos virtuais em blockchain.  

A Chainalysis apontou que o mercado de NFTs já movimentou mais de US$ 30 bilhões em 2022, chegando perto dos US$ 40 bilhões negociados em 2021.   

Leia outros artigos relacionados ao universo virtual: 

Embora as buscas pelos NFTs estejam aumentando com o tempo, muitas pessoas ainda desconhecem este conceito e não sabem como eles funcionam. Pensando nesta questão, vamos te explicar um pouco mais sobre os tokens não fungíveis. Saiba mais: 

O que é NFT? 

NFT é a sigla para “non-fungible token” ou token não fungível, em português. Funciona como uma espécie de documentação de propriedade de um ativo digital.  

Um token representa um ativo digital registrado na blockchain, podendo ser uma música, uma obra de arte, propriedade e qualquer outro artigo.  

Já o termo “não fungível” expressa que aquele ativo não possui um valor tangível, ou seja, depende da percepção das outras pessoas para definir o quanto ele vale.  

Na prática, o NFT atua como se fosse uma linha de código na blockchain que indica todo o histórico daquele artigo virtual, assegurando sua autenticidade e escassez.  

Todos os NFTs guardados na blockchain podem ser checados pelos usuários, oferecendo registros imutáveis. 

Portanto, um token não fungível pode ser definido como um artigo virtual exclusivo e único, podendo ser uma música, uma imagem ou itens de jogos, por exemplo. Os NFTs também podem disponibilizar diversas peças colecionáveis.  

Acesse nosso treinamento

Onde comprar NFTs? 

Esses ativos virtuais podem ser colocados à venda em um marketplace próprio para NFTs.  

No entanto, diferentemente de outros serviços, as compras devem ser efetuadas em criptomoedas e não com um cartão convencional como acontece nos e-commerces, por exemplo. 

A lista de plataformas focadas na venda e compra de NFTs está crescendo cada vez mais. Por isso, é fundamental consultar as características e funcionalidades de cada site para identificar qual é a solução mais adequada para atender suas necessidades. 

Atualmente, o OpenSea é considerado o maior mercado de NFT do mundo, mas também há outras opções, como: Mintable, Rarible, Enjin e SuperRare 

Como criar NFTs? 

Criar os NFTs também é uma tarefa relativamente simples. Em algumas plataformas só é preciso conectar a carteira de criptomoedas e adicionar o projeto no formato adequado: imagem, vídeo, música e outros. 

Ao inserir o ativo digital, o usuário ainda consegue incluir um nome e uma descrição, personalizando a “apresentação” do item do jeito que achar necessário.  

Além disso, para vender os NFTS existem algumas taxas que serão cobradas.  

O site OpenSea, por exemplo, cobra taxas de 2,5% sobre o valor da venda e da manutenção da rede de blockchain da Ethereum, enquanto o site Mintable cobra taxas de transação que variam de 2,5% a 10%. 

Conclusão: 

Tudo indica que a tecnologia dos NFTs continuará ativa durante muito tempo. Os investimentos estão crescendo cada vez mais, abrindo novas oportunidades para os usuários que desejam colocar obras de arte, imagens, músicas e outros ativos virtuais à venda. 

O mercado digital está se expandindo e novas plataformas de NFTs estão surgindo para atender às demandas. Figuras públicas (cantores, artistas, atores e jogadores de futebol, por exemplo) também estão ajudando a impulsionar este negócio. 

Além disso, a valorização dos tokens não fungíveis deve ser mais expressiva no futuro (não com todos os artigos digitais), assim como acontece com muitas obras de arte, principalmente devido ao fator de escassez, já que são totalmente únicos. Os usuários poderão vendê-los por valores cada vez maiores, de acordo com as mudanças do mercado.  

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Seus clientes estão prontos para o próximo nível do trabalho híbrido?

As empresas que implementaram o trabalho híbrido em seus negócios devem estar preparadas para o próximo nível desse modelo.  

Realidade aumentada e metaverso: qual a relação entre eles?

Embora sejam tecnologias diferentes, a Realidade Aumentada e o Metaverso podem trabalhar em conjunto para promover experiências mais imersivas aos usuários.  

5 prioridades entre os Diretores de segurança da informação (CISO’s) para os próximos anos

Listamos 5 pautas que os CISO’s devem acompanhar para garantir a segurança dos negócios!