BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

Segurança de dados: como manter os dados protegidos em 2024?

Em 2024, a segurança de dados torna-se mais crucial do que nunca! Veja como manter as informações protegidas contra ameaças cibernéticas. 

À medida que os líderes de TI enfrentam um cenário cada vez mais desafiador, com 90% deles relatando significativos obstáculos relacionados à segurança e governança de dados, e 20% prevendo um aumento tanto no volume quanto na complexidade dos ataques nos próximos anos, segundo a Salesforce, a urgência em mitigar os riscos, enfrentar essas ameaças e proteger os dados críticos é inegável.  

Neste artigo você passará pelos seguintes tópicos: 

  • As ameaças cibernéticas estão evoluindo  
  • 3 formas de garantir a segurança de dados em 2024 

Boa leitura! 

Com o objetivo de enfrentar os desafios digitais que estão surgindo e sendo aprimorados com o passar do tempo, organizações das mais diversas verticais estão buscando soluções para maximizar seus recursos. 

Neste contexto, graças aos avanços da Transformação Digital, as empresas podem alavancar soluções de automação sem código, desenvolver e implementar aplicações inteligentes em larga escala, e garantir a proteção e ativação de dados em tempo real. 

Contudo, para alcançar essas vantagens, é crucial estabelecer uma governança de TI robusta e manter os mais elevados padrões de segurança e conformidade. Mas como exatamente alcançar esse equilíbrio? Acompanhe o conteúdo abaixo para descobrir. 

As ameaças cibernéticas estão evoluindo 

O panorama da segurança de dados revela um terreno imprevisível e traiçoeiro, conforme destaca um estudo da Gartner Peer Insights com a Salesforce, envolvendo 300 executivos de TI. Nesse atual momento, ameaças persistentes, com ênfase em ataques de phishing, ransomware e DDoS, têm mantido os líderes de TI em alerta constante. 

Além da perda de dados sigilosos e os danos causados à reputação dos negócios, caso sejam vítimas de ciberataques, as empresas também precisarão lidar com prejuízos impressionantes. O custo médio de uma violação de dados mundial atingiu a margem de US$4,35 milhões de dólares. 

Somente entre junho de 2021 e junho de 2022, 65% dos executivos de TI indicaram ter enfrentado uma violação de segurança, apesar de seus esforços diligentes. Destes, 35% não conseguiram recuperar nenhum dado. Já aqueles que conseguiram evitar ataques virtuais, 71% atribuíram sua proteção à adoção de soluções avançadas, como gestão de identidade e acesso, e autenticação multifator.  

Fazer cursos

Aproveite para ler: como restabelecer uma empresa após lidar com um ataque cibernético? 

Este cenário instiga reflexões críticas sobre a necessidade (e urgência) de contar com estratégias inovadoras em 2024 e nos anos seguintes para proteger ativos digitais em evolução. Veja algumas delas: 

3 formas de garantir a segurança dos dados em 2024 

Um novo ano se iniciando, novas oportunidades para os cibercriminosos invadirem servidores, sistemas e aplicações empresariais surgem.  

A previsão é de que os profissionais de TI se mantenham vigilantes diante das crescentes ameaças cibernéticas, especialmente para o aumento de ataques de ransomware, phishing e DDoS, e elevem suas soluções de cibersegurança. 

Para garantir a segurança de dados em 2024, será preciso: 

  • Implementar ferramentas adequadas para uma defesa eficiente — Garantir a segurança de dados requer a implementação de ferramentas eficazes. Os líderes de TI deverão priorizar soluções de encriptação de dados, gestão de identidade e acesso, além da autenticação multifator como medidas fundamentais para proteger informações sensíveis. Estas táticas são consideradas essenciais para criar uma barreira eficaz contra ameaças emergentes. 
  • Capacitar os funcionários como defesa primária — Os funcionários desempenham um papel crucial na segurança de dados. 68% dos executivos de TI indicam, por meio do estudo da Salesforce, um aumento na frequência de treinamentos de segurança para seus colaboradores. Capacitar a equipe para adotar boas práticas de cibersegurança continuará sendo uma estratégia preventiva que fortalece a primeira linha de defesa contra ciberataques em 2024. A promoção de uma cultura de vigilância reduz a probabilidade de invasões. 
  • Realizar backup e contar com soluções para recuperação de dados — A perda de dados críticos representa um impacto potencialmente catastrófico para as empresas. Portanto, salvaguardar as informações por meio de soluções de backup e recuperação é uma prática indispensável que deve fazer parte da estratégia de cibersegurança de qualquer organização. 

Em meio a esse cenário de ameaças digitais evoluindo rapidamente, garantir uma segurança de dados eficiente em 2024 requer a adoção proativa de ferramentas avançadas, o fortalecimento da conscientização entre os colaboradores e a implementação de estratégias robustas de backup e recuperação. Ao priorizar esses elementos, as organizações estarão mais bem preparadas para enfrentar ciberataques, protegendo seus ativos digitais e promovendo uma postura resiliente diante das ameaças emergentes. 

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Ciberataques: quais as diferenças entre Phishing e Spear Phishing?

Descubra as principais diferenças entre essas duas ciberameaças. 

6 previsões de cibersegurança para 2024

Acompanhe as previsões de cibersegurança para saber quais soluções de proteção ofertar! 

3 proteções essenciais para dar continuidade ao trabalho remoto

O trabalho remoto ainda pode ser um desafio para muitas empresas. Veja como manter as equipes protegidas em meio a uma onda de ataques virtuais que só aumenta.