BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

Ciberataques: quais as diferenças entre Phishing e Spear Phishing?

Descubra as principais diferenças entre essas duas ciberameaças. 

Em meio a um cenário digital dinâmico, complexo e em constante evolução, os ataques de phishing surgem como ameaças cibernéticas persistentes e camufladas, explorando a confiança e, principalmente, a vulnerabilidade dos usuários. 

Neste artigo, você lerá os seguintes tópicos: 

  • O que significa phishing?  
  • Ataques de phishing: o que são?  
  • O que é spear phishing?  
  • O que diferencia o Spear Phishing do Phishing convencional é que... 

Boa leitura! 

Com os avanços tecnológicos, os cibercriminosos estão refinando cada vez mais suas táticas, utilizando diversas técnicas enganosas para invadir os dispositivos de empresas e indivíduos. 

O phishing, embora seja um dos ataques virtuais mais comuns da internet, continua representando um grande desafio para a cibersegurança. Em um momento de distração, clicar em um site malicioso, abrir um e-mail desconhecido ou efetuar o download de um arquivo contaminado pode provocar prejuízos significativos, como o roubo de dados sigilosos, por exemplo. 

Nesse panorama de sofisticação, além do phishing, outra ameaça também está fazendo vítimas na internet: o Spear Phishing, que, assim como o phishing, representa um ciberataque discreto, porém perigoso. 

Acompanhe este conteúdo para aprender a distinguir as diferenças entre esses dois ataques que, apesar de compartilharem o mesmo nome, possuem algumas características distintas. Saiba mais: 

O que significa phishing? 

O termo “phishing” é uma combinação das palavras “password” (senha) e “fishing” (pescaria), indicando um dos ataques cibernéticos mais antigos. Seu propósito é pescar dados sigilosos usando iscas digitais, como um e-mail nocivo, por exemplo. 

Entenda mais detalhes sobre a ameaça: 

Ataques de phishing: o que são? 

A ameaça de phishing ocorre quando cibercriminosos tentam enganar pessoas com a intenção de invadir sistemas, contas e outros canais para capturar informações confidenciais, como senhas e dados bancários. 

Geralmente, essa prática é realizada por meio de e-mails enviados em larga escala, mensagens instantâneas, sites falsos e outras formas de comunicação digital que se passam por fontes confiáveis. 

Os hackers enviam e-mails maliciosos para explorar a confiança das vítimas, muitas vezes apresentando-se como entidades conhecidas, como instituições bancárias ou marcas renomadas no mercado. 

Essas mensagens solicitam ações específicas, como clicar em links, fazer o download de arquivos ou fornecer informações pessoais, sob a premissa de resolver problemas ou receber benefícios. 

Para que o ataque cibernético de phishing seja bem-sucedido, os hackers criam e-mails semelhantes aos legítimos, copiando desde o corpo do e-mail até o visual das mensagens. Por parecerem autênticos, muitas pessoas caem na "isca" por acreditar que foram realmente enviados por uma instituição confiável. 

A partir disso, os hackers invadem dispositivos, aplicativos e sistemas para capturar as informações que consideram importantes. 

Aproveite para acompanhar 8 dicas para evitar ataques de phishing! 

Mas e quanto ao spear phishing? Ele também funciona desta forma? 

Fazer cursos

O que é spear phishing? 

Embora haja algumas diferenças, o spear phishing é, de fato, um tipo de ataque phishing. No entanto, ele é ainda mais sofisticado, personalizado e específico. 

Ao contrário da ameaça convencional, em que as mensagens são enviadas em grande amplitude para atingir o máximo de usuários possível, o spear phishing costuma ser direcionado a grupos ou usuários específicos. 

As mensagens não seguem um padrão; pelo contrário, são elaboradas com cautela e com base em pesquisas e informações detalhadas sobre um público ou usuário, criando a impressão de provirem de fontes genuinamente confiáveis. 

Diferentemente do ciberataque de phishing mencionado anteriormente, as mensagens não precisam necessariamente simular um e-mail de uma marca. Devido à riqueza de detalhes, os hackers podem dar a entender que o contato veio de fontes familiares, como colegas de trabalho ou conhecidos. 

Com os ataques de spear phishing, a busca por recompensas mais elevadas ou valiosas é intensificada. Os hackers planejam a ameaça visando gerar um impacto consideravelmente maior do que seria possível com um ataque de phishing convencional. 

Leia também: como proteger seus clientes contra spear phishing? 

Sendo assim... 

O que diferencia o Spear Phishing do Phishing convencional é que: 

  • O ataque de spear phishing é direcionado para públicos ou indivíduos específicos; 
  • As mensagens são criadas com base em pesquisas, sendo, portanto, personalizadas; 
  • Os e-mails de spear phishing criam a ilusão de terem sido enviados por um remetente conhecido, como um colega de trabalho, amigo, conhecido ou familiar; 
  • São mais raros e buscam recompensas maiores; 
  • Quando bem-sucedidos, provocam prejuízos significativos. 

Em conclusão, compreender as diferenças entre phishing e spear phishing é crucial diante das ameaças cibernéticas que evoluem nos ambientes digitais. A aplicação de boas práticas de segurança, vigilância e a proteção de dados são fundamentais para evitar tornar-se uma vítima desses ataques sofisticados. 

Nas empresas, os líderes devem investir em soluções de cibersegurança aprimoradas e aplicar treinamentos contínuos para manter as equipes cientes dos riscos, ensinando como identificá-los e mitigá-los, a fim de não comprometer os negócios. 

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Segurança de dados: como manter os dados protegidos em 2024?

Em 2024, a segurança de dados torna-se mais crucial do que nunca! Veja como manter as informações protegidas contra ameaças cibernéticas. 

6 previsões de cibersegurança para 2024

Acompanhe as previsões de cibersegurança para saber quais soluções de proteção ofertar! 

3 proteções essenciais para dar continuidade ao trabalho remoto

O trabalho remoto ainda pode ser um desafio para muitas empresas. Veja como manter as equipes protegidas em meio a uma onda de ataques virtuais que só aumenta.